Publicado em Deixe um comentário

Como reforçar a limpeza de seu hospital contra a Covid-19

serviço de desinfecção e sanitização de ambientes

Em março, o Brasil atingiu a trágica marca de 260mil mortos por Covid-19. Este número vem acompanhado de outras notícias preocupantes como as novas cepas do vírus e o aumento da média móvel de casos registrados diariamente, segundo balanço do consórcio de veículos de imprensa. Por isso, preparamos um post sobre como reforçar a limpeza de seu hospital contra a Covid-19 e para evitar riscos de contaminação.

Agora, mais do que nunca, é hora de reforçar as medidas de prevenção. Manter o distanciamento social, ficar em casa (sempre que possível), higienizar as mãos com frequência e usar máscara ainda são as maneiras mais eficientes de nos protegermos enquanto as vacinas não chegarem para todos.

As formas de contágio do vírus são muitas, principalmente em uma instituição de saúde que atende pacientes confirmados com a doença. Dessa forma, é fundamental garantir e reforçar ainda mais as medidas de prevenção para que profissionais de saúde, acompanhantes e outros pacientes não se contaminem ou levem o vírus para casa.

Em nosso blog, preparamos algumas sugestões sobre como reforçar as medidas contra a contaminação dentro do ambiente de saúde indicadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

1) Verifique se as superfícies estão limpas e higienizadas.

Superfícies como mesas, balcões e camas bem como telefones, botões de chamada de enfermagem etc. precisam ser limpos regularmente, porque a contaminação em superfícies tocadas por profissionais da assistência, pacientes e acompanhantes é uma das as principais maneiras pelas quais o COVID-19 se espalha.

2) Higienização regular das mãos

Colocar dispensers com álcool em gel em locais de destaque, dentro e fora dos leitos, nos postos de enfermagem e próximos aos elevadores. Mais importante do que estarem bem localizados, os dispensers devem ser recarregados regularmente.

3) A promoção da higiene respiratória

Em áreas administrativas, lenços descartáveis devem estar disponíveis em diversos locais do ambiente para o colaborador assoar o nariz ou tossir sem espalhar gotículas. Lixeiras com tampa precisam estar ao lado para jogar fora o papel adequadamente.

Caso algum colaborador esteja doente, com febre ou sintomas respiratórios, não deve ir ao trabalho. É importante que ele seja testado para Covid-19 e, caso positivo, identificar todos que tiveram contato com ele e adotar as medidas necessárias para evitar a contaminação.

4) Controle rigoroso da limpeza dos ambientes

Equipes especializadas em limpeza e higienização hospitalar possuem protocolos específicos e o treinamento adequado para a realização do serviço. Contar com parceiros especialistas pode fazer toda a diferença.

A Apoio Ecolimp possui mais de 75 protocolos de operação e 35 anos de experiência atuando em saúde. Quer conferir mais conteúdos sobre COVID-19 e sobre o setor de facilities? Fique acesse https://apoioecolimp.com/blog/.

5) Comunicação hoje e sempre

A comunicação é um fator importante na luta contra a Covid-19. Sendo assim, trabalhe com cartazes promovendo a conscientização. Combine isso com outras medidas de comunicação, como oferecer treinamentos e orientação baseadas em materiais desenvolvidos por órgãos oficiais e certifique-se de que funcionários e clientes tenham acesso a eles.

Ainda sobre comunicação. Incentive as pessoas a tomarem a vacina, monte campanhas. Combater as Fake-News é um esforço importante na educação e combate ao novo coronavírus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *