Quatro dicas para um bom relacionamento com o cliente

Dicas de bom relacionamento com o cliente

Se relacionar de forma empática, respeitosa e sensível torna a relação fornecedor x cliente muito mais fácil, além de aumentar a admiração pela marca e criar mais chances de novos negócios e indicações.

Em 2017, a NeoAssist e a Social Miner, publicaram um estudo sobre relacionamento com o cliente. O levantamento apontou que 68% dos consumidores pagariam mais por um serviço ou produto se tivessem um atendimento melhor. No entanto, apenas proatividade não basta para engajar o consumidor, é preciso desenvolver uma parceria com o cliente para chegar a um final feliz nesse relacionamento. Em um mercado tão concorrido como o setor de facilities, estabelecer uma proximidade com ele é a melhor maneira de fidelizar.

Tratar a contratante de maneira correta e assertiva, pode fazer com que sua empresa se diferencie das concorrentes apenas com um bom relacionamento é possível. E pensando nisso, nós preparamos quatro dicas para você, gestor de facilities, ter um ótimo relacionamento com o cliente. Vamos lá? 

1) Atendimento individualizado

Cada pessoa é única, e por isso merece atenção personalizada. Nesse caso, os diagnósticos não são classificados de forma generalizada, seus sentimentos e questões pessoais são levadas em consideração a cada decisão.

Dessa forma, estude o cliente, conheça-o, busque entender a necessidade e crie um plano personalizado para ele. Além de todas as soluções se integrarem de maneira otimizada, você ainda terá de quebra um cliente satisfeito com a atenção e, então, basta colocar o serviço operacional em prática.

2) Bons produtos, bons equipamentos

A mão de obra é indispensável, mas contar com os materiais e equipamentos adequados faz toda a diferença na execução e no resultado final. Isso porque eles costumam tornar os processos mais rápidos e eficientes.

É necessário desenvolver novas parcerias com provedores de alta qualidade, para que possam trazer tecnologias atualizadas, capazes de agregar valor ao serviço, otimizando mão de obra e reduzindo o tempo necessário para execução por meio de produtos e maquinários.

Na APOIO, por exemplo, um mix de produtos é utilizado para remoção de sujidades. Em uma espécie de 3 em 1, sendo um desinfetante, bactericida e detergente, se mantém o alto padrão e os resíduos são eliminados com a mesma eficácia do serviço prestado anteriormente.

Com esse processo, realizado pela empresa, 16,74% do custo é reduzido. O que proporciona um treinamento mais rápido e eficaz devido a transformação em um único processo, além da otimização quanto ao tempo de resposta para o cliente.

3) Resolução rápida de problemas

Não perca o contato com o cliente, esteja sempre atento às necessidades e ofereça soluções para o problema que realmente funcionem. Ser uma empresa de facilities significa poupar tempo e recursos com operações que antes eram de obrigação da instituição em questão. Dessa forma, esse valor pode ser revertido para processos internos e inovadores.

4) Fidelize

A união de todos os fatores constrói a credibilidade e opinião do usuário final. Item determinante para fidelizar e gerar impacto positivo em suas futuras indicações. Busque entregar um serviço mais completo possível. Possua colaboradores preparados, bem treinados, prontos para cobrir faltas e atendo ao básico.

Outro fator importante é o feedback. Ouça o seu cliente sempre que possível para entender a satisfação (ou insatisfação) do mesmo, apontando pontos de melhorias ou até mesmo expansão de equipes ou da gama de serviços. Porém não basta apenas ouvir, colocar em prática é fundamental, afinal, o contratante quer o seu negócio saudável.

Conteúdos, dicas sobre terceirização de serivços

Visite nosso blog